Picanha e contrafilé ficam mais caros, aponta IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que o preço das carnes voltou a subir em outubro. A alta foi de +0,53%, após uma queda que havia sido registrada nos primeiros nove meses do ano. A picanha teve aumento de 2,91% e o contrafilé, 1,94%.

Também em outubro, os números do IPCA indicaram variações positivas do preço do patinho (+1,7%), da capa de filé (+1,32%), da alcatra (+1,19%), do chã de dentro (+0,88%), do filé-mignon (+0,6%), da carne de porco (+0,57%), da carne de carneiro (+0,38%), do acém (+0,3%) e do lagarto comum (+0,23%). As informações são do R7 e da revista Oeste.

Já as carnes que mantiveram a tendência de baixa e impediram uma alta maior do preço final das carnes foram o fígado (-4,58%), o cupim (-2,91%), o lagarto redondo (-2,34%), a pá (-1,26%), a costela (-0,89%), o peito (-0,76%) e o músculo (-0,47%).

Apesar dos dados, o preço das carnes acumula queda de 11,08% desde dezembro.

Fonte: Pleno News

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

Canal WhatsApp

Entre em nosso canal no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade