Pedro Neres, Coordenador da Comissão da REURB, assina 300 documentos de certidão para regularização fundiária em Codó

Na sede da Comissão de Regularização Fundiária de Codó, o coordenador Dr. Pedro Neres assinou 300 documentos de certidão dos primeiros títulos de posse que serão doados pela prefeitura aos moradores do Bairro São Vicente Palloti, na Trizidela. Essa ação faz parte do programa Escritura na Mão, de Regularização Fundiária Urbana (REURB) do município, que tem como objetivo proporcionar segurança jurídica e acesso à moradia digna para as famílias que residem em áreas informais.

Pedro Neres, Coordenador da Comissão da REURB de Codó, ressaltou a importância do programa para todos os codoenses, afirmando: “Essa é uma conquista significativa para os moradores do Bairro São Vicente Palloti. A regularização fundiária não apenas garante a posse legal das moradias, mas também proporciona dignidade e estabilidade para as famílias. Estamos trabalhando incansavelmente para que mais pessoas tenham acesso ao seu direito à moradia e ao reconhecimento de suas propriedades, o que é essencial para o desenvolvimento social e urbanístico de Codó.”

O prefeito Dr. Zé Francisco, enalteceu o trabalho da Comissão de Regularização Fundiária e ressaltou o compromisso da administração municipal com o programa REURB: “Essa é uma das nossas prioridades, garantir que cada morador de Codó tenha a sua posse devidamente regularizada. A regularização fundiária é um passo importante para o desenvolvimento sustentável da cidade, pois proporciona a regularidade jurídica das propriedades e a melhoria da qualidade de vida para nossos cidadãos. A entrega desses 300 títulos é apenas o começo, pois temos o compromisso de expandir o programa para outras áreas da cidade, beneficiando cada vez mais famílias.”

A entrega dos primeiros títulos de posse aos moradores do Bairro São Vicente Palloti está agendada para o dia 29 de julho e representa um avanço significativo na luta pela regularização fundiária em Codó. Com a assinatura desses documentos, centenas de famílias poderão, enfim, ter a tranquilidade de que são legítimos proprietários de suas moradias, conquistando um importante passo rumo à cidadania e ao direito à moradia digna.

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

Canal WhatsApp

Entre em nosso canal no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade