Parlamentares de oposição pedem o impeachment do ministro Flávio Dino

Parlamentares da oposição protocolaram na Procuradoria Geral da República (PGR), nesta segunda-feira (4), um pedido de impeachment contra o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB) em virtude do não envio e possível destruição das imagens dos atos do dia 8 de janeiro.

No documento, os parlamentares argumentam que houve crime de responsabilidade.

Das 185 câmeras de segurança do Ministério da Justiça, Dino só enviou as imagens de quatro delas à CPMI. Ao ser questionado, ele alegou que o sistema de gravação do edifício do Palácio da Justiça, que fica ao lado do Congresso, teria capacidade de armazenamento limitada a menos de 30 dias e que, após esse período, as imagens mais recentes apagariam as mais antigas. Só que a empresa responsável pela manutenção das câmeras já desmentiu Dino e informou que não há um prazo predeterminado para a exclusão das imagens. Ou seja, Dino está acobertando algo e atuando de forma ativa no caso, praticando o crime de Fraude Processual, segundo o Código Penal”, explicou o vice-líder da oposição, deputado Evair de Melo (PP-ES).

Dino já é alvo de outros dois pedidos relacionados à imagem. Num deles, Evair Melo (PP-ES) protocolou um requerimento de convocação para que o ministro preste esclarecimentos na Câmara sobre o sumiço das imagens (reveja).

No outro, o deputado Rodrigo Valadares (União-SE) acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo investigação contra o ministro (saiba mais).

Fonte: Gilberto Léda

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

Canal WhatsApp

Entre em nosso canal no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade