Nove pessoas são presas por tortura e homicídio qualificado de jovem com deficiência no MA

Nove pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (29), durante uma operação da Polícia Civil do Maranhão, batizada de “Volta Cessada”, que teve como objetivo esclarecer a morte do jovem Vianey Ailton Chagas, de 23 anos, no dia 23 de julho deste ano, nas proximidades da comunidade Vila Temer, região de Paço do Lumiar.

Segundo informações da polícia, todos os presos são integrantes de uma facção criminosa e responderão pelos crimes de homicídio qualificado, tortura, organização criminosa e ocultação de cadáver.

As investigações apontam que a vítima, que era deficiente mental, teria fugindo de sua residência no residencial Novo Horizonte, também situado em Paço do Lumiar, quando entrou numa região dominada por faccionados. Na ocasião, a vítima foi impedida de sair da comunidade, sendo submetida a espancamentos e levada até um campo de futebol, no sítio de Seu Carneiro, situado na Vila Temer, onde foi torturada e morta brutalmente com uso de pedras.

Todas as prisões foram executadas em comunidades do município de São José de Ribamar  por equipes de policiais civis do 21º Distrito Policial do bairro do Araçagi e Seccional Norte da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC).

Com informações O Imparcial

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

Canal WhatsApp

Entre em nosso canal no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade